Em casa, pais de atletas do Metropolitano ajudam filhos a manter forma técnica - TB Assessoria de Imprensa TB Assessoria de Imprensa: Em casa, pais de atletas do Metropolitano ajudam filhos a manter forma técnica

quarta-feira, 10 de junho de 2020

Em casa, pais de atletas do Metropolitano ajudam filhos a manter forma técnica

Math é goleiro do sub-15
No estado de São Paulo nos últimos 70 dias estão proibidos treinos físicos e técnicos dentro dos clubes que participam de competições profissionais ou de base, como é o caso do Metropolitano Jundiaí Futebol Clube. Só que treinos físicos estão sendo ministrados pela coordenação técnica da agremiação, de forma virtual, com atleta do Tricolor realizando suas atividades na sua própria residência. Para ajudar os novos talentos do futebol, pais estão ajudando nos treinamentos técnicos dos filhos.

Um dos casos é de Luís Henrique Costa Xavier, que tem 47 anos. Ele é pai de Math, goleiro do sub-15 do Metropolitano para esta temporada. Luís Henrique chegou a ser goleiro em três clubes de camisa do futebol brasileiro. “Joguei nas categorias de base do Vasco entre 1987 e 1988, do Palmeiras entre 1989 e 1990 e o Fluminense entre 1991 e 1992”, conta.

Conhecedor da posição ajuda o filho a não perder a forma técnica. “Não é simples, as vezes ser pai treinador e ao tempo traz alguns conflitos, pois eu tenho a tendência de ser mais exigente e menos tolerante com alguns comportamentos. Nos exercícios técnicos focamos na repetição dos movimentos até alcançarmos a perfeição, basicamente fazemos de tudo, exercícios de agilidade, flexibilidade, tempo de reação, trabalho com os pés”, comenta.

Sobre as atividades neste momento serem em casa, Luís Henrique diz que é mais complicado para quem é goleiro. “Tem fundamentos que não conseguimos realizar aqui em casa, como por exemplo a saída de gol em cruzamentos, cobranças de tiro de meta e passes longos com os pés”, afirma.

Pedro Meira é meio-campista do sub-15

Outro pai que ajuda o seu filho nas suas atividades é Jefferson Morais dos Santos Junior, de 42 anos. Ele é pai de Pedro Meira, meio-campista da categoria sub-15 do Metro. Jefferson Morais encara o futebol como hobby e o momento para ele está sendo prazeroso. “Temos um campo dentro do condomínio e o proprietário permite nossa entrada e também a sorte de morar em casa, onde existe o espaço necessário para atividade física”, disse.



“Nos primeiros meses estávamos treinando diariamente físico com bola, treino de passe com os dois pés, cruzamento e cobrança de faltas e pênaltis. Agora ele treina físico de segunda a sexta e no final de semana pelo menos uma vez por semana treinamos com bola, como passe, cruzamento e bola parada”, finaliza Jefferson.

O pai de Pedro Meira gostaria de treinar ainda mais com seu filho se pudesse no seu dia a dia, e as atividades começou a virar forma de incentivo para prática de exercícios físicos dentro da própria família. “Gostaria de ter mais tempo para poder manter a rotina diária, pois treinar com ele tira da rotina e monotonia, onde toda a família está participando. A minha esposa que não mantinha rotina de exercícios regular, até começou a acompanha-lo duas vezes por semana em seus treinos”, completa.



Fotos e vídeos: Divulgação

Por Thiago Batista - Assessoria de imprensa do Metropolitano Jundiaí FC
Contato: 11 98409-7594